Patricia - 961532754 - classificadosx.net/rua69.com- Almada

Nome: Patrícia.
Nacionalidade: Portuguesa.
Idade: 43.
Cara: De Vadia. 
Cabelo: Ruivo. 
Olhos: Não me lembro.
Altura: Alta.
Peso: Proporcional a altura. 
Tom de pele: Caucasiana.
Peito: 40.
Vagina: Depilada. Com uns lábios enormes. 
Rabo: Nalgas Flácidas. Orifício liso.
Apresentação/Recepção: Bota alta e Um vestido preto curto transparente.

A campanha laboral a sul de Lisboa continua, as fraquezas se fazem notar,
é preciso aliviar a pressão. Repito uma pesquisa pelo site rua69 para 
confirmar e existência de um anuncio apreciado dias atrás com uma 
descrição muito explicita, linguagem obscena, do serviço prestado. 
Telefono para ficar mais
elucidado, a única coisa que difere, proferido por uma voz muito social
e convincente é a localidade, não seria Almada mas sim Costa Da Caparica.
Um pouco indeciso porque semanas atrás, a detentora de um anuncio com 
conteúdo também muito explicito não deixou saudades. 
Arrisco, ligo de novo e faço a marcação colocando-me a caminho. Já perto
se dá uma falha de entendimento em comunicação com a Paty, entrei por 
mais que uma vez em instalações erradas. Pela segunda vez surge a 
ideia de desistir mas a carência de satisfação não permite.
Subo ao primeiro andar da vivenda, sou presenteado então pela Patrícia.
Cara de putona tinha ela, sua indumentaria fazia jus ao que se prestava.
Apresentação mutua feita, lhe notei uma postura natural o que me incentivou
a ficar mais a vontade.  
Disponível para me arrumar as roupas. O quarto estava equipado
com o básico. Sai o convite para me lavar mas não aceitei dando o motivo.
Não coloca objecção, Não se desfaz da roupa que tinha encima.
Toma a iniciativa, dizendo que vamos começar. 
O Tête-à-tête continua, explora meu corpo, larga uns selos no meu peito,
sua mão se aproxima do nervo, agarra-o, aperta-o, lhe faz festas, o mesmo
nos culhões, começa a bater a punheta, e de seguida a mamar.

Enquanto isso lhe tiro as tetas para fora, não muito grandes e descaídas,
são acariciadas, apalpadas. A Paty interrompe a pratica bucal e segura
nas tetas oferecem-do-as mais espontaneamente. Me coloco de joelhos
e ela de gatas de face para mim é desafiada a mamar de novo. Suas tetas
penduradas baloiçava, continuava mexendo nelas. Estiquei o braço e levei 
uma das minhas mão à sua paxaxa, fiquei de mão cheia. Ajeito-a e vou ver
o que tem entre pernas, fantástico, fenomenal, são uns lábios de cona
enormes, muito salientes. Não me acanhei, são mexidos, apalpados, chupados
e lambidos. Tive que manifestar a minha admiração. Remexendo na paxaxa
voltei a apontar o nervo para à boca que aceitou espontaneamente.
Na mesa de cabeceira estavam preservativos espalhados, deitei a mão a um,
enquanto o retiro da embalagem ela não para de mamar, aquando encapoto
o nervo agarra nos culhões e lhe p+assa a língua.
Como queres que fique? Me pergunta.  Acomodei-a de barriga para cima, lhe
levanto o vestido, a grande e feia cicatriz na barriga não me transtorna.
Levanta e abre as pernas prossegue distanciando os lábios da cona, ataquei
com mais uma sugadela e aponto para lá o membro teso, ela crava-o lá dentro
convidando-me a fuder até fartar.
Uns agradáveis momentos passaram. Parei. Lhe peço para se virar, de nalgas 
distanciadas com os dedos na paxaxa de dentro para fora lhe
empurro o orifício anal. Na paxaxa de novo lhe volto a cravar.
O comprimento do seu corpo em relação a posição de estar de gatas me proporciona
um óptimo conforto. Ela vai proferindo uma frases para eu lhe continuar a mocar.
Sem pedir com licença lhe retiro da paxaxa e lhe cravo no rabo. Todo lá dentro
até mais não conseguir. Com velocidade, agarrada com força pelas nalgas,
solta suplicas para ser bem enrrabada, que gosta, que esta bem.
O inevitável não pode ser adiado, estou perto do deleite, deixo de lhe dar
no cú, venho para fora da cama, da-me a boca! Lhe peço! Retira o preservativo
e prende o nervo na boca sem o agarrar cravando seu olhar em mim, começo
a latejar, retirei da boca e começo a bater à punheta, mostra a língua
e saem os jactos de esperma em direcção a sua cavidade bucal, enterra
de novo o nervo todo na boca e espreme-o todo, todo mesmo.
Esta feito. Foi buscar papel e para lá cuspiu.
Se seguem detalhes que para aqui em nada enriquecem.
Uma calorosa despedida e a possibilidade de voltar fica aberta. 

CONCLUSÃO: 
Positivo. Será para repetir dentro das possibilidades.  Seu corpo não é de nenhuma
deusa mas a sua prestação me agradou. Conhece as imperfeições do seu corpo por
isso tenta que fique ocultas, me pareceu.  
Beija: Não sei.
Oral: 09\10. Um bom broche. uma bela mamada que não leva nota 10 por não engolir. 
Vaginal: 08\10. Deixa levar na paxaxa à vontade. Húmida. Uns lábios mesmo grandes e não a achei larga. 
Anal: 09/10. Nalgas grandes mas como ela diz: boa para enrrabar.
Local de anuncio: classificadosx ou rua69.
ola sou uma puta fudilhona que adora mamar ao natural ate ao fim ,boa peida para ser 
enrrabada boas tetas sou meiga carinhosa sem pressas estou na costa da caparia em apartamento 
privado ha tua espera para ser tua fantasias posso fazer chuva dourada adoro em mim deslocações? 
sim porque nao vou ate ao fim do mundo para ser fudida 24h sempre a bombar l
Local donde recebe:  Av. Primeiro de Maio, Costa da Caparica. É uma vivenda claramente ao abandono 
mas colocada em uma agência.
Valor: 30 @€RODINAMICO$ Completo. 
Contacto: 961532754






0 comentários:

 


©2008 Garvgraphx Por Templates e Acessorios